MP pede prisão de acusados de assassinato de ex-prefeito

Grupo é acusado de participação no assassinato do ex-prefeito de Macuco, Maurício Bittencourt Papelbaum, em 2006

Por O Dia

Rio - O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou e pediu a prisão preventiva de Luiz Carlos Queiroz Klein, Isael dos Anjos Rosa e Carlos Amilcar Biscacio Teixeira.

Eles são acusados de participação no assassinato do ex-prefeito de Macuco, Maurício Bittencourt Papelbaum, ocorrido em 2006. A informação foi diculgada nesta sexta-feira pelo Ministério Público.

Segundo a denúncia dos promotores de Justiça Alexandre Themístocles, Carmen Eliza Bastos de Carvalho e Marcelo Muniz Neves, os três participaram diretamente do crime.

“Luiz Carlos efetuou diversos disparos contra Mauricio Bittencourt, provocando-lhe lesões corporais (...) que foram a causa única e eficiente de sua morte. Isael dos Anjos Rosa (...) auxiliou materialmente o autor dos disparos, sendo responsável por conduzi-lo ao local do crime. E Carlos Amilcar Biscacio Teixeira (...) foi o mandante da referida infração, determinando sua efetivação por questões anteriores com a vítima”.

De acordo com o documento, o homicídio ocorreu por motivo torpe, já que decorreu de divergências banais entre Carlos Amilcar e Mauricio. A ação dos denunciados dificultou a defesa da vítima, porque ela foi atingida quando, despreocupadamente, estacionou o carro para orientar um funcionário.

Últimas de _legado_Rio