Uma megaestrutura para a missa campal do Papa

Guaratiba e Copacabana recebem últimos preparativos para receber Sua Santidade e 2 milhões de peregrinos na Jornada

Por O Dia

Rio - Palco da vigília e da missa campal de encerramento que será celebrada pelo Papa Francisco, nos dias 27 e 28 de julho, o Campus Fidei (Campo da Fé, em latim), em Guaratiba, receberá uma megaestrutura para acolher os 2 milhões de peregrinos que participarão da Jornada Mundial da Juventude. O Pontífice chegará ao Brasil no dia 22.

Para evitar que os fiéis tenham que se deslocar muito pelo terreno de 1,3 milhão de metros quadrados, o local foi dividido em 22 lotes, cada um do tamanho de sete campos do Maracanã. Nas 32 “ilhas de serviços”, distribuídas entre os lotes, fiéis poderão comprar artigos religiosos, comidas e bebidas. No local, haverá banheiros, bebedouros, tendas para oração e postos médicos.

A cruz já está sendo erguida no palco em Guaratiba%2C onde o Papa celebrará missaEstefan Radovicz / Agência O Dia

O campus contará ainda com 33 telões para que o público tenha uma visão melhor de Sua Santidade. A entrada de cada lote, cercado por grades de proteção, será por ordem de chegada e sujeita à lotação.

Ao longo de 13 quilômetros, fiéis poderão recorrer a pontos de hidratação instalados a cada dois quilômetros. Serão 12 milhões de litros de água potável.

O abastecimento de água será o mesmo usado nas Olimpíadas de Londres, em 2012. O local terá também uma estação para tratar a água antes de jogá-la na rede de esgoto. Estão previstos 4.673 banheiros para os peregrinos, dos quais 270 são adaptados para pessoas com deficiência. No sábado, dia 27, os peregrinos poderão chegar ao campus de Guaratiba a partir das 6h.

Réplica da Escadaria Selarón será montada em CopacabanaReprodução

Segundo a organização, o Papa Francisco irá desembarcar de helicóptero e seguir de papamóvel até o palco, de onde ficará a cem metros do público. A previsão é que a vigília comece às 19h30. Jovens que vão pernoitar no terreno devem levar apenas saco de dormir, para não bloquear a visão do palco.

No domingo, o Pontífice chegará para a missa às 10h30. Será o último ato do evento. De lá, o líder da Igreja Católica anunciará o país sede da próxima Jornada.

Escadas da Lapa na Via Sacra

Réplicas da Pedra do Arpoador e da Escadaria Selarón, na Lapa, serão montadas em Copacabana como parte do cenário da Via Sacra , que será encenada no dia 26 de julho. Neste dia, 280 voluntários vão percorrer, em aproximadamente uma hora e quinze minutos,os 13 palcos ao longo da Avenida Atlântica, até o principal, onde estará o Papa Francisco.

Clique na imagem para ver o infográfico completoO Dia

A atriz Cássia Kiss interpretará Maria, mãe de Jesus. “Acima de tudo, eu sou cristã. Quero estar bastante presente e colaborar para que as pessoas experimentem um momento muito especial e divino”, diz.

Os atores Murilo Rosa, Eriberto Leão e a apresentadora Ana Maria Braga também participam da Via Sacra, lendo passagens bíblicas.

O nível da rua recém-pavimentada é mais alto do que o das casasEstefan Radovicz / Agência O Dia

Obras causam estragos

Moradores de Guaratiba reclamam do impacto causado pelas obras do Campus Fidei: desde falta d’água a rachaduras nas casas. Outro problema é a pavimentação das ruas, que está sendo feita para o evento.

As moradoras Jéssica, 19 anos, e Giulia Pires, 20, reclamavam do nível do asfalto, que ficou superior ao das residências. “Se cair uma chuva forte, a água vai se concentrar nos valões que deixaram em frente à nossa casa.”

O pedreiro Antônio Lamarques, 60 anos, conta que, com o movimento de caminhões, sua casa rachou. Os moradores também dizem que tiveram que contratar caminhões-pipa, devido à falta de água na região. Segundo eles, o fornecimento foi interrompido por pelo menos um mês na região durante as obras.

Últimas de Rio De Janeiro