Palmeiras desiste de negociação com o Fluminense por Gustavo Scarpa

Quem comemorou foram os dirigentes de Corinthians e São Paulo, que também querem o meia

Por O Dia

Rio - A novela sobre o futuro de Gustavo Scarpa ganhou um importante capítulo nesta quinta-feira. O Palmeiras, que parecia ser o forte candidato a ficar com o jogador do Fluminense, desistiu de sua contratação. Quem comemorou foram os dirigentes de Corinthians e São Paulo, que também querem o meia. 

Futuro de Gustavo Scarpa segue indefinidoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

A forma com que o Fluminense se posicionou na negociação incomodou os palmeirenses. Na sexta-feira passada, a negociação havia dado uma esfriada após o atacante Róger Guedes recusar se transferir para o Fluminense. Ele e mais um jogador - que ainda seria definido - iriam para o clube carioca em troca do atleta de 23 anos. 

Róger foi convencido a ir jogar no Rio de Janeiro e parecia que a negociação caminharia para um desfecho. Entretanto, o clube carioca também solicitou uma compensação financeira, além dos dois atletas, algo recusado pelos palmeirenses.

No Corinthians e no São Paulo, os sentimentos são distintos. No lado alvinegro, mais cautela e a aposta de que o rival parece mais à frente, por poder envolver jogadores que possam agradar mais os cariocas. Em uma conversa inicial, o Fluminense se mostrou interessado em atletas que a diretoria não aceitou liberar por entender que são valiosos e que podem render negócios mais interessantes.

Já o São Paulo tem uma oferta consolidada e aguarda por uma resposta do adversário carioca. O time de Dorival Junior ofereceu 3 milhões de euros (R$ 11,7 milhões) mais Buffarini, Júnior Tavares e Lucas Fernandes.

Enquanto entre os tricolores paulistas a confiança é grande, o temor é mais com uma proposta europeia. O Fluminense espera por propostas vindas da Itália e da Alemanha, mas, até o momento, não chegou nada oficial. O meia permanecer no clube é uma possibilidade remota. 

Quanto ao Palmeiras, o clube via Scarpa como uma oportunidade de negócio e não uma necessidade, já que acabou de contratar Lucas Lima.