Abel perdoa Robinho por expulsão relâmpago e se irrita com falha nos acréscimos

Fluminense vencia o Vitória, fora de casa, até os 48 minutos do 2º tempo

Por O Dia

Bahia - A partida entre Fluminense e Vitória, em Salvador, teve muitos ingredientes. O Tricolor foi dominado durante quase toda a partida, ficou com um a menos, conseguiu a virada no fim com um pênalti e acabou cedendo o empate nos acréscimos. O técnico Abel Braga não culpou Robinho, expulso na estreia, pelo gol sofrido no fim.

"Difícil, mas esse menino (Robinho) é um atacante. Quem foi por baixo foi o lateral, ele (juiz) não marcou nada. Só que quando o menino abaixou a meia, tinha pego na canela, um rasgo, aí expulsou", afirmou.

Abel Braga se irritou com vacilo no fimNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O que deixou o técnico irritado foi a falha da equipe no fim da partida. Em um levantamento para a área, a zaga falhou e Kanu deixou tudo igual em Salvador.

"É absolutamente normal (empate). Mas, de toda forma, houve um erro grave da minha equipe no segundo gol do Vitória. Um erro tático, de posicionamento. Quando a bola é atrasada para alguém fazer o cruzamento, a defesa não tem que correr para cima do goleiro, tem que sair para a linha, deixa os caras impedidos", disse.