Flamengo quer contratar atacante que fez dupla afinada com Everton Ribeiro

Sem Guerrero, clube rubro-negro busca outra alternativa para o ataque

Por O Dia

China - Ação e reação. Sem Guerrero, suspenso por um ano pela Fifa, na última sexta-feira, e que não deve mais jogar pelo Flamengo tem contrato até agosto, mas a punição vai até novembro, a diretoria já procura um nome para substituir o peruano. Ricardo Goulart, hoje no Guangzhou Evergrande, da China, entrou na mira dos rubro-negros, que querem agendar para a próxima semana uma reunião com o representantes dele. Um dos empecilhos para o negócio seria o alto salário do jogador, que, este ano, fez 27 gols em 41 jogos.

Ricardo Goulart foi bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2013 e 2014Divulgação

Antes de pensar em se reforçar, o Flamengo tenta assimilar o baque com a decisão da Fifa, que ainda tirou Guerrero da Copa do Mundo. Embora não tenham se pronunciado oficialmente, há a possibilidade de os dirigentes rubro-negros rescindirem o contrato do atacante, que vai até 10 de agosto. Os advogados de Guerrero vão recorrer, semana que vem, da decisão da Fifa e prometem ir até a última instância, embora esse processo possa demorar seis meses. A próxima instância é o Tribunal de Apelação da Fifa. A última, a Corte Arbitral do Esporte.

O último jogo de Guerrero com a camisa do Flamengo foi na goleada por 4 a 1 sobre o Bahia, dia 19 de outubro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O atacante, flagrado no exame antidoping após a partida entre Peru e Argentina, dia 5 de outubro, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, em Buenos Aires, fazia sua melhor temporada pelo Rubro-Negro, com 20 gols em 45 jogos. No total, são 108 partidas e 42 gols.

Suspensão de Guerrero à parte, fato é que a diretoria já procurava, a pedido de Reinaldo Rueda, um atacante para suprir a ausência do peruano o treinador queria uma alternativa para o camisa 9. Ricardo Goulart é a bola da vez, embora o Palmeiras também esteja interessado na aquisição do jogador de 26 anos, que tem contrato até dezembro de 2020 com o Guangzhou Evergrande.

Apesar disso, Ricardo Goulart considera positiva uma possível mudança de ares, principalmente após a saída do técnico Luis Felipe Scolari do clube chinês. Revelado pelo Santo André, o atacante ainda passou por Internacional e Goiás antes de brilhar com a camisa do Cruzeiro, onde foi bicampeão brasileiro em 2013 e 2014 e fez dupla afinada com o meia Everton Ribeiro, hoje no Flamengo.

No Guangzhou Evergrande, Ricardo Goulart fez fama e fortuna seu salário gira em torno de R$ 2,5 milhões por mês. Em dois anos atuando pelo clube chinês, o jogador já balançou a rede 73 vezes em 126 jogos oficiais.