Petkovic revela bebedeira antes de gol decisivo pelo Fla contra o Vasco

Insatisfeito por conta de direitos de imagens atrasados, o sérvio contou que era para ter sido barrado antes da decisão do Carioca em 2001

Por O Dia

São Paulo - Ídolo do Flamengo, Petkovic tem diversos feitos importantes com a camisa rubro-negra. Mas um deles está mais presente na memória de todo flamenguista, justamente por ter sido em cima do Vasco: o gol de falta que deu o Tri Carioca em 2001. Por pouco o sérvio não esteve em campo para escrever seu nome na história.

Em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, o ex-jogador revelou que quase não entrou em campo naquele dia 27 de maio por conta de atraso no pagamento por parte do Flamengo.

Petkovic garantiu o tricampeonato para o Flamengo e virou ídolo do clubeMarcelo Regua / Agência O Dia

"O Flamengo estava devendo muito dinheiro. Para mim, eram oito meses de direito de imagens. Chegou sexta e não pagaram. Aí prometeram segunda-feira. Então, nem fui para a concentração. Aí eu e um amigo meu flamenguista ficamos horas e horas na pizzaria, tomando chopp. Ele me deixou bêbado, me convenceu de madrugada e me levou para a concentração", afirmou Pet.

Justamente pelos conflitos com a diretoria pela pendência, Petkovic revelou que até Zagallo, técnico do Flamengo na ocasião, sofria pressão para não colocá-lo em campo. E também contou que após o gol histórico, todos os atrasados foram pagos pelo clube.

"No dia seguinte, no treino, o Zagallo me chamou. Expliquei para ele o que estava acontecendo e falei que queria jogar. Ele sofreu muita pressão para eu não jogar, porque já teriam como jogar a culpa em alguém se perdêssemos. Mas o Zagallo queria ganhar e usar, segundo ele, a melhor arma que tinha. Depois me pagaram".