Messi recebe 3ª Chuteira de Ouro da carreira e diz que não pensa na 4ª

Melhor do Mundo ainda não tem pretenções para ganhar novamente a premiação

Por O Dia

Espanha - Enquanto se recupera de lesão, Lionel Messi recebeu nesta quarta-feira a Chuteira de Ouro da Uefa como artilheiro dos campeonatos europeus na temporada 2012/2013, a terceira da carreira, e garantiu não estar preocupado em voltar a ser vencedor na próxima edição do prêmio.

"(A Chuteira de Ouro) Nunca foi meu objetivo quando estava bem, e muito menos é agora", garantiu Messi, que ainda deverá permanecer afastado dos gramados durante um mês e meio devido a uma lesão muscular na coxa esquerda.

Messi recebe a chuteira de ouroEfe

O craque argentino se tornou o primeiro a obter três Chuteiras de Ouro, a deste ano pelos 46 gols marcados nos 32 jogos que disputou pelo último Campeonato Espanhol. Quem o entregou a premiação foi o búlgaro Hristo Stoichkov, vencedor na temporada 1989/1990 junto com o mexicano Hugo Sánchez.

No evento para a entrega da honraria, Messi teve a companhia do presidente do Barcelona, Sandro Rosell, do técnico Gerardo Martino e de alguns colegas de equipe, como os zagueiros Gerard Piqué e Carles Puyol, o lateral Adriano e os meias Xavi Hernández e Cesc Fàbregas. "Dedico a eles este prêmio e os anteriores.Sem meus companheiros, não teria conseguido nada. Também dedico à minha família, que me quer bem e está presente também nos momentos mais feios", declarou o atacante.

Com mais esta Chuteira de Ouro, Messi se isola de uma lista de atletas que foram premiados duas vezes, que inclui o brasileiro Jardel, o alemão Gerd Müller, os portugueses Eusebio, Fernando Gomes e Cristiano Ronaldo, o romeno Dudu Georgescu, o escocês Ally McCoist, o uruguaio Diego Forlán e o francês Thierry Henry. O craque já havia sido o maior artilheiro dos campeonatos europeus nas temporadas 2009/2010 e 2011/2012, quando balançou as redes 50 vezes, número nunca antes alcançados nos grandes torneios do Velho Continente.

Últimas de Esporte